Home Polícia Vídeo: empresário chama policiais que estavam em barreira sanitária de vagabundos

Vídeo: empresário chama policiais que estavam em barreira sanitária de vagabundos

2 primeira leitura
0
0
114

O empresário Seninha Brasil, do balneário Sena Brasil, que fica em Timon (MA), gravou vídeos criticado profissionais que estavam em uma barreira sanitária instalada próximo a uma ponte que liga Teresina ao Maranhão.

“Do lado do Piauí, galera, onde que tá ali, lotado de polícia e tá fechado do lado do Maranhão, não existe isso, não existe, eu estou no meu direito de cidadão de denunciar isso pra vocês. Vocês não estão vendo, lá ta fechada a ponte, por que manter essa barreira aqui cara? Não vai passar ninguém porque está fechado lá. Aí está ali, policial sentado, no WhatsApp, mexendo no celular… Zero, zero, bando de vagabundo, fazendo nada”, diz eles nos vídeos que viralizaram em grupos no WhatsApp.

Assista ao vídeo:

A barreira em questão tem policiais militares, agentes da Strans, agentes da vigilância sanitária, que atuam com medidas de prevenção ao coronavírus na divisa dos estados.

Após a repercussão do caso, o empresário gravou um novo vídeo pedindo desculpas pelo ocorrido e afirmando que houve um mal entendido. “Não quis dizer que vocês são vagabundos, quis dizer que a situação que estamos vivendo é uma vagabundagem… Se alguém ficou magoado, me perdoe, não foi isso que eu quis dizer… Estou me retratando com vocês aqui”:

Fonte: 180graus

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Polícia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Piauí registra 388 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 horas

O Piauí registrou 388 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 …