Home Destaque Secretaria investiga intoxicação de 14 presos na Cadeia de Altos; um detento morreu

Secretaria investiga intoxicação de 14 presos na Cadeia de Altos; um detento morreu

2 primeira leitura
0
0
125

Este mês, um total de 14 presos da Cadeia Pública de Altos, que fica na região integrada da Grande Teresina, foram internados no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) com suspeita de intoxicação. A Secretaria Estadual de Justiça investiga as causas das internações.

Alguns presos já tiveram alta, mas hoje oito continuam internados. Eles apresentam paralisia flácida, edema e colúria (urina escura).

Entre os presos que foram internados no HUT está Francisco Wellington Morais Santos, que morreu na madrugada da última quinta-feira(14) no hospital. Segundo a Sejus, o detento estava com quadro de insuficiência renal, septicemia [infecção generalizada] e pneumonia.

Familiares dos presidiários suspeitam que eles tenham ingerido água ou comida contaminada na Cadeia Pública de Altos. No início deste mês o Cidadeverde.com denunciou que 48 presos da unidade prisional apresentaram sintomas de insuficiência renal.

O secretário estadual de Justiça do Piauí, Carlos Edilson, explica que os presos apresentaram edemas em membros inferiores, pressão elevada e palidez cutânea e estão sendo acompanhados por uma equipe de médicos neurologista, infectologista e nefrologista.

“Foram feitos exames e estamos em processo de investigação. Já tivemos alguns resultados, alguns possíveis diagnósticos, mas estamos aguardando a saída do resultado de todos os exames para apresentar uma situação geral naquela unidade”, explica o secretário.

Fonte: Portal Cidade Verde

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Harém Açucarado

Na cultura milenar árabe, o harém é o conjunto de quartos onde ficavam suas “esposas”. O m…