Home Notícias Três ex-prefeitos na lista de denunciados da Operação Topique

Três ex-prefeitos na lista de denunciados da Operação Topique

6 primeira leitura
0
0
17

Três ex-prefeitos e 19 pessoas foram  denunciadas pelo Ministério Público Federal do Piauí à Justiça Federal por crimes como formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa. Em coletiva na manhã desta terça-feira (29), os procuradores da República esclareceram a denúncia.

Foram denunciados o ex-prefeito de Campo Maior, ex-deputado estadual e atual presidente da Fundespi, Paulo Martins (PT), Salete Rego ex-prefeita de Miguel Alves e Eudes Agripino, ex-prefeito de Fronteiras. Eles fazem parte do grupo de 22 denunciados com suspeita de fraudes em contratos do transporte escolar nos municípios.

As investigações da Operação Topique começaram em Campo Maior e na denúncia, o MPF descreve que a empresa Locar, uma das investigadas teve contrato de R$ 4,5 milhões na gestão de Paulo Martins. Ele teria feito recebimento de um veículo de uma das 13 empresas investigadas na operação sem ter sido registrado pagamento.

Segundo o MPF, o ex prefeito Eudes Agripino recebeu valores por meio de operações bancárias feitas pela organização criminosa.

A ex-prefeitura Salete Rego também teria recebido transferências bancárias. O procurador Travanvan Feitosa informou ao que nenhum dos três políticos possuem foro privilegiado. “Não há nenhum tipo de foro privilegiado para eles. Estão na situação de cidadão comum”.

A Justiça Federal já recebeu a denúncia do MPF. O procurador Marco Aurélio informou que os três ex prefeitos são denunciados por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Lava Jato do Piauí

Ainda no início da entrevista coletiva, coordenador da Força-Tarefa do Operação Topique, o procurador federal Marco Aurélio admitiu que a Operação Lava Jato é uma “inspiração” para a força-tarefa. O procurador garantiu que as investigações da Topique terão “início, meio e fim”. O procurador afirma que o esquema de fraudes é “atual” e que alguns contratos fraudulentos continuam em vigor. Eles não soube informar quais e quantos municípios foram identificadas as fraudes.

Ele admitiu, ainda, que as fraudes continuam ativas. “É um esquema atual que continua causando danos ao erário público”, disse o procurador.

E anunciou que as investigação terão novos desdobramentos. Em novo desdobramento da operação a força tarefa vai continuar focando no combate  à corrupção e lavagem de dinheiro.

MPF denunciou 22 pessoas à justiça pelo crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. São denunciados Luiz Carlos Magno Silva, Lívia de Oliveira Saraiva, Raimundo Félix Saraiva Filho, Lana Mara Costa Sousa,Raimundo Félix Saraiva Filho,  Paula Rodrigues de Sousa,Suyana Soares Cardoso, Samuel Rodrigues Feitosa, Luiz Gabriel Silva Carvalho, Francisca Camila de Sousa Pereira,- Charlene Silva Medeiros, João Gabriel Ribeiro Coelho, Lisiane Lustosa Almendra, Marcos Eugênio Castro da Costa,Eudes Agripino Ribeiro,  Kelson Vieira da Macêdo, Francisco José Cardoso da Rocha, Gabriela Medeiros Pereira da Silva, – Maria Salete Rêgo Medeiros Pereira da Silva,Jilton Vitorino de França, Iremá Pereira da Silva,  Paulo Cézar de Sousa Martins,Antônio Francisco dos Reis Silva.

O juiz Agliberto Gomes Machado acatou a denúncia no dia 25 de janeiro e citou os acusados para apresentarem suas defesas em dez dias.

Com informações do Portal Cidade Verde.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Notícias

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Com seis dias de antecipação prefeitura de Castelo do Piauí realizará pagamento dos servidores nesta sexta-feira (22)

A Prefeitura de Castelo do Piauí divulgou na noite de hoje (21), que os servidores vão pul…