Home Economia Quem sabe faz a “horta”

Quem sabe faz a “horta”

8 primeira leitura
0
0
72

Tem uma música de Geraldo Vandré, “– Caminhando” – que diz em seu refrão: Vem, vamos embora, que esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

Grande verdade. Eu ainda me atrevo a melhorar: “quem sabe, ou não, faz a horta, não espera acontecer”. Eu acabaria com a letra da música, não faria esse sucesso que ela se tornou, eu sei, mas ficaria agronomicamente perfeita, não é?!

Isso mesmo. Com a internet aí, não precisa ter grande conhecimento técnico para começar sua libertação dos agrotóxicos e exercitar sua mente contra inimigos depressivos. Basta um smartphone para dar o primeiro passo.

Irei, aqui, me dedicar a algumas folhosas, por serem de crescimento rápido e, perfeitas para a ansiedade.

Coentro

Uma das folhosas do famoso “cheiro verde”. Resistente e muito fácil de plantar. Basta fazer um sulco no canteiro (calma, não mandei beber nada, eu disse SULCO), com até 1 cm de profundidade, espalhar as sementes nele e cobrir com a mesma terra do local. Faça vários desses no canteiro, com a mão ou com a ajuda de um cabo de vassoura, deixando um espaço de um palmo entre um e outro. Uma dica: quente a semente para facilitar sua germinação e aumentar a quantidade de plantas. Da semente de coentro podem nascer duas plantas, então espalhe pequenas quantidades em um pano ou jornal e com ajuda de uma garrafa ou rolo vá passando passando como se estivesse esticando uma massa de pastel. Cuidado pra não terminar deixando como um pó, senão irá somente temperar a terra. Seu ciclo varia de 30 a 70 dias a depender da espécie. Basta observar na embalagem.

Cuidado! Geralmente as sementes de coentro são tratadas com agrotóxicos, facilmente notadas pela coloração vermelha delas. Essas devem ser manuseadas com luvas e somente usadas para plantio.

Cebolinha

O colega da Mônica e complemento do cheiro verde também é muito simples de plantar e barato. Corte as folhas 3 dedos acima da parte branca e reduza o tamanho das raízes pela metade. Com ajuda de um cabo de vassoura, faça pequenos furos no canteiro, distantes uns 10 cm entre eles, com profundidade que cubra a parte branca. Faça o plantio no fim da tarde. Com 40 a 50 dias já poderá usar suas folhas.

Alface

Essa folhosa indispensável em qualquer salada, dá um pouco mais de trabalho. Você deverá ter dotes de médico cirurgião para cultivar. Tá vendo como a agricultura é uma ciência arretada? Podemos voltar a ser criança e fingir sermos vários profissionais.

Seguinte, você poderá iniciar de duas formas: comprar uma bandeja de células em casa agropecuária (parecida com a da foto; tem vários tamanhos) ou usar a imaginação, com copos de papel, plástico e quem sabe, fazer sua própria bandeja, afinal, a criatividade é a exigência do mercado atual.

Faça uma sementeira com a bandeja, plantando 3 sementes por célula, a uma profundidade de 0,5 cm. Com 25 dias você seleciona a maior planta da célula (deve estar com 4 a 5 folhas). Vai assumir que é um cirurgião e fazer a operação de transplante dessa planta para o canteiro. Faça pequenos buracos com o dedo, distante 15 cm um do outro, e coloque a muda nele. Em 45 dias você terá uma alface pra chamar de sua.

Pimenta de cheiro

Separe as sementes e deixe secar à sombra por uns 3 dias. Use a bandeja com células para fazer a sementeira dela, colocando 3 sementes por célula. Aí você segue o mesmo procedimento da alface, transplantando para covas (lembram que falei na semana passada). Com cerca de 100 dias já vai dar pra temperar o almoço da família.

Pimentão

Siga a mesma ideia da pimenta, mas cuidado com a umidade. As covas não podem ficar encharcadas, cheias de água como se fosse fazer uma sopa diretamente no chão. O pimentão acaba morrendo afogado, além de colaborar para o surgimento de doenças mortais também.

Uma observação: sempre que fizer o plantio ou transplante é necessário molhar o solo, sem encharcar.

Dúvidas, sugestões e críticas? Mande um e-mail, mensagem pelo facebook ou diretc que terei o maior prazer em responder. Até a próxima semana. FUI!!!!!

Paulo Melo

Engenheiro Agrônomo

Fiscal Estadual Agropecuário – ADAPI

Instagram: @segundoagro

Facebook: fb.me/segundoagrooficial

e-mail: segundoagrooficial@gmail.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Economia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Van do cantor Wesley Safadão se envolve em grave acidente no Maranhão

Um grave acidente envolvendo uma van do cantor Wesley Safadão na tarde dessa sexta-feira (…