Home Destaque Produtores do Piauí querem construir a Transcerrados e cobrar pedágio

Produtores do Piauí querem construir a Transcerrados e cobrar pedágio

3 primeira leitura
0
0
58

Alzir Aguiar Neto, presidente da Associação dos Produtores de Soja do Piauí (APROSOJA-PI), afirmou que o maior problema para o escoamento da produção é a falta de infraestrutura das rodovias estaduais, que atrasam e oneram o transporte da safra por serem praticamente intrafegáveis.

A proposta da iniciativa privada tocar a obra da Transcerrados com cobrança de pedágio é estudada.

Os produtores e o governo do estado buscam uma solução para desonerar os custos causados pelos problemas do tráfego nas estradas. Alzir Neto disse que há duas propostas sendo estudadas entre a Superintendência do Piauí e a Associação para resolver a questão.

Explicou, “uma delas é uma empresa privada assumir a construção (através de Parceria Público Privada) da rodovia Transcerrados [PI-397] e os empresários da soja pagariam pedágio. E a outra é criar uma sociedade de propósitos específicos para nós fazermos essa rodovia em parceria com o estado e não termos que pedagiar”.

O presidente informou que hoje houve uma reunião como o governo do Piauí, através da superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura, onde as propostas foram apresentadas para a construção da Transcerrados.

Alzir reforçou que o maior problema para os produtores é a falta de infraestrutura nas estradas. “Que nos onera tremendamente. Estamos falando fundamentalmente de rodovias. O transporte por elas atrasam e oneram, trazem um custo muito alto pro nosso produto. Então, temos uma produção bastante competente para conseguir romper ainda mais essa barreira e esse custo maior. São rodovias intrafegáveis, que boa parte das empresas de transporte não querem mais ir e aí acabamos tendo um custo a mais quando vamos atender determinada região no Piauí, é como se eles cobrassem bandeira 2 para fazer o transporte”, concluiu.

Com informações do Piauí Notícias.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Redação
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias (PORTAL REDE POP TRANSMÍDIA) reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Postagens criminosas, que firam a legislação brasileira serão repassados às autoridades policiais competentes para rastreamentos e as medidas legais cabíveis aos criminosos.

Veja Também

Futebol: Com premiação recorde, vem aí o Campeonato Municipal 2019 de Castelo do Piauí

Foi dado o pontapé inicial para a disputa do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Cas…